domingo, 27 de dezembro de 2009

Aqui...


Aqui…




"A noite é a sua presença. Lá fora, a lua e as estrelas seguram a noite sobre as árvores, sobre as casas e sobre qualquer pessoa que ainda caminhe sozinha pelas ruas da vila. Aqui, a noite é a cama de ferro e os lençóis brancos, estendidos, limpos. O meu quarto é o sitio onde posso existir sozinha e sem segredos. Aqui, a noite é o som quase silencioso do pavio do candeeiro de petróleo a arder lentamente.(...)"

[José Luís Peixoto], excerto de «CAPRICÓRNIO A SEUS PÉS», in “Antídoto”